Excesso de chuva causa transtorno à agricultura

Excesso de chuva e transtornos nas lavouras. A situação é enfrentada pelos agricultores de Trombudo Central, principalmente os que cultivam milho e mandioca. A safra das duas culturas está atrasada por causa do tempo desfavorável. Com a terra molhada nas lavouras, a Secretaria Municipal da Agricultura enfrenta dificuldade para trabalhar com as máquinas responsáveis pela semeadura do milho, por exemplo. “Estamos no dia 22 e já deveríamos ter plantado 50% da produção, mas até agora apenas 20% foram concluídos”, explica o secretário Leirson Vicente.Alguns agricultores ainda fazem o preparo do solo, quando já deveriam estar se dedicando ao plantio. O secretário destaca também que, caso a chuva dê uma trégua e o Sol predominar nos próximos dias, em três semanas será possível trabalhar para normalizar a situação. O milho cultivado em Trombudo Central é destinado à produção da silagem e boa parte é vendida para a Cravil e para a empresa Gallus Agrícola. Já a mandioca é vendida para farinheiras e para a Hedler Indústria de Alimentos.

Este edital possui conteúdo protegido pela LGPD, para obter acesso abra uma requisição aqui