---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Prefeita se reúne com Diretoria Geral do DNIT em Brasília

Publicado em 15/04/2019 às 07:56 - Atualizado em 15/04/2019 às 07:56

Na reunião foi discutida situação do trevo de Trombudo Central

A Prefeita Geovana Gessner, acompanhada do secretário de Administração e Finanças, Geziel Balcker, do prefeito de Agronômica, Cesar Cunha, do prefeito de Atalanta, Juarez Rodermel e o secretário executivo da AMAVI, Paulo Roberto Tschumi, participaram na última quarta-feira, dia 10, em Brasília, de uma reunião com o diretor de Infraestrutura Ferroviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes DNIT, Antônio Leite dos Santos Filho.

A reunião foi para discutir a questão do trevo de acesso ao município de Trombudo Central, já que devido a desativação dos radares no último mês vem causando preocupação da prefeita devido a segurança dos motoristas que utilizam a via. A reunião foi marcada pelo Dr. Marco Vinicius Pereira de Carvalho, ex-procurador de Taió, e atual assessor especial do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

“Fizemos o possível, fomos até o DNIT em Brasília para explanar a eles sobre a situação do trevo, que vem causando preocupação, já aumentou o número de acidentes em poucos dias. Estamos fazendo o possível já que a rodovia é federal. Fomos no DNIT em Florianópolis e agora em alto escalão que é aqui em Brasília diretamente com o diretor geral. Não foi dado nenhuma certeza, mas foi apresentado o projeto de uma possível rotatória que é avaliada em mais de R$ 2 milhões, já que são ribanceiras dos dois lados e terá que ter um aterramento e muro de gabião”, ponderou a prefeita Geovana.

Para o assessor especial do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Marco Vinicius Pereira de Carvalho, o encontro foi muito importante. “É muito difícil os municípios distantes chegarem ao órgão central do DNIT devido a agenda e através do nosso conhecimento conseguimos abrir essa porta e marcar a reunião. O diretor geral, foi muito atencioso e não sabia da situação, mas agora sabendo, estará buscando a solução, sendo uma delas o retorno do radar”, finaliza Marco.